#5 Casal Repórter: Blaya

sexta-feira, outubro 30, 2015


       Ontem colocámos uma fotografia a preto e branco de uma mulher que não tinha a cara visível, para que quem visse pudesse adivinhar quem seria a entrevistada de hoje e... todos acertaram facilmente! A Carla Rodrigues, mais conhecida por Blaya é a entrevistada de hoje. Dispensa apresentações. Venham daí conhecê-la um pouco melhor...



Ela e Ele (EE): Como surge o nome 'Blaya'?
Blaya (B): Há muitos anos atrás «BLAYA» significava dama e o meu nome no mirc era 'mc dama'! Claro que quando encontrei o nome BLAYA decidi mudar logo.




EE: Hoje pertences a uma das bandas que mais sucesso tem em Portugal. Mas na tua infância, qual era a profissão com que sonhavas?
B: Na primeira classe queria ser veterinária, mas depois sempre me inclinei para tudo o que envolvesse música.


EE: O papel da mulher na sociedade portuguesa sempre teve um cariz secundário, face ao masculino. Por muito que se tenha evoluído neste aspecto, continuamos a criticar as mulheres por tudo e por nada. Achas que é possível combater esta situação a 100%, achas que há solução?
B: As críticas estão sempre presentes e vão estar sempre presentes. Nós mulheres estamos cada vez mais fortes e com cada vez mais voz. A solução é com o tempo e com mais opiniões.



EE: A questão é que aos homens é-lhes admitido tudo: ter pêlos em toda a parte do corpo, arrotar em público, ter muitas namoradas, etc etc. Enquanto que o oposto se passa no caso das mulheres que são criticadas por qualquer marca de nascimento que seja que tenham no corpo. Tu própria referiste o facto de teres celulite, apesar de fazeres desporto desde a infância. Sempre conseguiste ser tão confiante em relação ao teu corpo ou foi algo com que foste aprendendo a lidar?
B: Todos nós tanto homens como mulheres temos recaídas. Às vezes sentimo-nos muito bem e no outro dia já somos horríveis. A nossa cabeça foi feita para pensarmos por nós, mas tudo ao nosso redor desde televisão ao supermercado nos leva a criticar, pensar. falar e reagir de outra maneira. 


EE: Passando à música, como foi juntares-te a um grupo como os Buraka Som Sistema?
B: Buraka é como uma escola para mim. Já aprendi imensas coisas.




EE: Só quem não assistiu a um concerto de Buraka é que não sabe o que é ver o atingir o auge da energia! Desde crianças aos avós, saem todos a abanar o 'capacete' como se costuma dizer... Como é que se consegue esta proeza? Há receita? (risos)
B: A única receita é não ter vergonha de dançar, cantar, gritar, saltar...


EE: Que confidências deixas por fazer?
B: Deixo para responder com o tempo...




EE: Soubemos que também te lançaste numa carreira a solo. Que imagem gostarias que tivessem de ti, mais num sentido 'kuduro' ou num sentido mais 'funk'? Ambos?
B: Num sentido mais de mulher de intervenção.


EE: Que mensagem queres deixar para quem está a ler esta entrevista? Calculamos que ande na 'onda' do "meninas, dancem kuduro!", mas não queremos deixar de perguntar... :)
B: Não tenham vergonha de serem vocês próprios! 


       A esta altura resta-nos agradecer uma vez mais à Carla pela disponibilidade em responder-nos a estas questões. Muito obrigado!! 

Agora queríamos saber a vossa opinião sobre a entrevista e, já agora:
quem gostariam que fossem os próximos entrevistados?

Image and video hosting by TinyPic

11 comentários

  1. Gosto muito dela a minha cunhadinha é super fã dela,
    Beijinhos

    Http://belezademulheremae.blogspot.pt

    ResponderEliminar
  2. Gosto muito dela a minha cunhadinha é super fã dela,
    Beijinhos

    Http://belezademulheremae.blogspot.pt

    ResponderEliminar
  3. Adoreiii este post, acho que entrevistarem esta força da natureza a que chamamos Blaya foi uma otima ideia da vossa parte, sou uma grande admiradora do seu trabalho. Olha se tivessem sorte eu gostava que entrevistassem a Cristina Ferreira, não seria algo fácil, mas podiam ter sorte, nunca se sabe. Beijinhos.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Ela é mesmo uma força da natureza! E um exemplo a seguir, por isso é que a decidimos entrevistar. :P Muito obrigado pela partilha de opinião e pela dica. Já passava pelos nossos planos tentar... Quem sabe um dia não teremos sorte. Nós somos da opinião que um não teremos sempre como garantido, agora podemos a qualquer momento ganhar um sim. :)

      Eliminar
  4. Adorei este post! Deveriam continuar assim! Vão para o YouTube!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Obrigado! :D É sempre bom quando nos incentivam a fazer algo que tanto gostamos!! Estamos a tratar disso, mas vindo de nós, só se pode esperar algo louco!

      Eliminar
  5. Acho-a incrível!
    Excelente entrevista, parabéns :)

    (deixei de receber as vossas atualizações no feed, por isso é que não tenho vindo aqui)

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Muito obrigadooo! :D :D

      De facto já tínhamos sentido a tua falta eheh. Mas se calhar é porque mudámos de link ou assim... Esperamos que volte ao normal... :)

      Eliminar
  6. Excelente entrevista! Conheci-a na minha viagem de finalistas e foi super simpática.

    ResponderEliminar

Obrigado pelo comentário! Vamos responder-te no mais breve espaço de tempo que nos for possível. Até sempre! :)

Latest Instagrams

© Ela e ele... Ele e ela.... Design by FCD.