Como tirar a carta de condução da forma mais barata?

sexta-feira, outubro 23, 2015

Créditos da Imagem (aqui).
       Tal como eu (Ele) tinha falado (aqui), as cartas em 2016 vão começar a ser feitas por pontos. Por isso, quem quiser tirar a carta à dita "moda antiga" terá que iniciar já o processo e procurar acabar de forma exemplar nestes últimos meses do ano. É isso mesmo que eu (Ela) estou decidida a fazer! Para tal, no meio de taaaanta oferta (ou manipulação!) das escolas de condução, é preciso alguma orientação. Assim decidimos que o melhor seria fazermos em conjunto algumas pesquisas para nos certificarmos de que tomamos as melhores decisões. Então pensámos que seria bom partilhar convosco, para o caso de alguém estar a precisar do mesmo.

Créditos de imagem (aqui).
       O nosso objectivo é conseguir que eu (Ela) tire a carta em tempo record, isto é, até à passagem de ano, pelo menor custo. No meio de tantas formas de indrominar por parte das escolas de condução, é essencial que se saiba o que iremos pagar na totalidade e desconfiar de tudo o que lemos em letras maiores. É que "tudo incluído" pode querer dizer tudo menos isso. Poderá ser "tudo o que consta numa metade do processo, depois terás que pagar a outra metade (subentenda-se o exame de condução ou mesmo os dois exames à parte)" ou pode meramente excluir formas de estudo em casa ou afins. Para se prevenirem, devem elaborar uma lista do que devem procurar numa escola de condução e depois certificarem-se que pagam mesmo tudo e não vos vão pedir mais depois. Então o que devem fazer primeiro é uma lista do que é necessário para tirar carta e procurar saber o custo total de todas as alíneas, sendo elas:
  • A inscrição (com emissão da licença de aprendizagem);
  • O atestado médico;
  • O Material didáctico (tais como o código da Estrada, os exames teóricos e/ou em CD ou online);
  • As aulas de código (28 aulas obrigatórias);
  • O exame de código;
  • As aulas de condução (32 aulas obrigatórias);
  • O Exame de condução;
  • A emissão da carta de condução.

       A verdade é que sem uma entidade reguladora o valor das cartas varia imenso, por isto esta é a tua melhor forma de precaução anti-fraudes! O passo seguinte é pesquisar se aquela que for mais barata inclui todos estes itens e é de facto a mais barata. Regra geral, em Lisboa, conseguimos concluir que a grande maioria das escolas diz-nos um preço com "tudo incluído", mas seguem a nossa regra de que é para desconfiar do que dizem, já que falta sempre algo...
Nisto das cartas é sempre um perigo. Para as condutas de água, para os pilares, as pessoas, os animais...
Mas logo de início é um perigo para as nossas carteiras!
Crédito da imagem (aqui).

       É claro que convém que fique tudo registado, por exemplo em e-mails, porque... Enfim, nunca se sabe. Mais vale prevenir do que remediar! Em quantas mais escolas pesquisarem, mais oportunidades vão ter de encontrar a que será mais em conta. Podem sempre pesquisar todas as escolas de condução do país fornecida pelo IMTT (aqui). Nisto vão verificar que as cartas tiradas no Porto, por exemplo, em comparação com as de Lisboa, são muito mais caras. Até de conselho para conselho variam, por isso voltamos a frisar: quanto mais vasta for a vossa pesquisa, mais podem poupar!
       Outro aspecto que deve ser salientado são as tão chamativas oportunidades de pagamento em prestações. Dói pagar tudo de uma vez. Mas se fizermos as contas facilmente conseguimos perceber que vamos pagar juros que podem ser bem elevados e que não vão ser pronunciados por quem vos vende a carta. Não esperem que façam o vosso trabalho de prevenção. Vai acontecer tudo menos isso, acreditem! Vale mais adiar este passo do que acabar por perder dinheiro... 
       Não se esqueçam que se reprovarem num dos exames terão que efectuar mais 5 aulas, que serão pagas à parte e o segundo exame também o será, pelo que mais vale darem o vosso melhor ou esperarem por uma outra ocasião onde não arrisquem gastar dinheiro em vão. Para isto também já eu (Ela) espero estar prevenida. Estudarei pelo código da estrada, complementarei com os testes multimédia e ainda vou procurar fazer exames que estão à nossa disposição em sites como estes: www.segurancarodoviaria.pt | www.testesdecodigogratis.com | www.oexamedecodigo.com.
Dá-me (Ela) cá um medo só de pensar... ahah
Crédito da imagem (aqui).

       Ah! E quanto ao exame de condução também eu (Ele) já avisei a Ela: "Caso tenhas já feito as 32 aulas obrigatórias e não te sintas confiante, perguntas ao teu intrutor/a se acha que estás no bom caminho ou se mais vale tirares mais umas aulas. Mais vale pagar antes do exame do que depois do exame e incluir o preço do segundo"!
       Os conselhos que podemos deixar é que devem perder tempo em fortes pesquisas do que depois perderem dinheiro no que era suposto ser "tudo incluído" num site de descontos ou nas belas das promoções à beira da estrada. Pensem nisto!

Já me (Ela) estou a imaginar toda feliz num carro... e as minhas companhias a temerem pela vida! ahahah
Créditos da imagem (aqui).

       Agora para me (Ela) confortarem, podem contar-me as vossas experiências? Eu (Ele) sempre estive confiante, mas sempre me interessei por carros, ao contrário da Ela que está sempre com medo que não tenha travado bem o carro e que ela fique lá dentro com o carro a andar ahahah. Vocês também eram assim?
Image and video hosting by TinyPic

Enviar um comentário

Obrigado pelo comentário! Vamos responder-te no mais breve espaço de tempo que nos for possível. Até sempre! :)

Latest Instagrams

© Ela e ele... Ele e ela.... Design by FCD.