Dicas para uma depilação mais eficaz!

terça-feira, julho 11, 2017
Na altura em que decides depilar-te convém que procures ser o mais eficaz que consigas, já que assim terás que reproduzir a actividade menos vezes. Actividade essa que pode ser bastante dolorosa, como sabem... Por isso mais vale desfrutar com rapidez este tempo e da melhor forma, não é? Então já que, felizmente, a nossa geração é conhecida por se depilar totalmente, com excepção do cabelo e das sobrancelhas, vamos dar-vos as dicas necessárias, bem como os esclarecimentos que deves ter.


Antes da depilação deves ter em mente que...
1. Deves evitar o uso de cremes ou óleos hidratantes, preferencialmente 12h antes, pelo menos.
2. Deves esfoliar as áreas que pretendes depilar cerca de dois dias antes de efectuares a depilação. Assim, as células secas vão sair, a par de que levantarás os pêlos que serão mais fáceis de extrair, evitando que se transformem em pêlos encravados que é algo que ninguém quer ver/ ter.
3. Deves tomar um banho quente (não frio, nem morno, mas quente!) que te ajude a abrir os poros para que a depilação seja mais eficaz e mais indolor.
4. Esta dica é só para as meninas: Eu (Ela) acho que devem preferir fazer a depilação fora do tempo em que atravessam o período menstrual por um motivo que é óbvio, mas que às vezes, por distracção, nos escapa: estão mais susceptíveis à dor!

      É importante que conheças todos os formatos possíveis para te depilares, de modo a poderes escolher aquele que mais se adequa ao pretendido. Por isso mesmo vamos fazer-te um pequeno resumo de cada opção que tens para o efeito:
  • Cremes depilatórios: Os mais conhecidos são da marca veet, que são muito atractivos pelo facto de nos permitirem ficar sem pêlos, enfraquecendo-os e sem sentir dor ao fazê-lo. O processo é conhecido e fácil: coloca-se o creme, aguarda-se os minutos divulgados em embalagem e depois é só passar com a esponja que os pêlos vão acabar por cair. Eu (Ele) nunca usei este tipo de cremes. Já eu (Ela) usei e não pretendo voltar a usar, mas por distracção minha. Não retirei bem uma vez o creme e queimei a pele. É um pedaço de pele muito reduzido, mas não gostei da sensação e não acho que valha muito a pena, pelo facto de rapidamente voltarem a nascer novamente os pêlos.
  • Pinça: Aquela ferramenta de tortura que continuamos a usar em pleno século XXI, havendo mesmo quem viva de um emprego onde se tortura pessoas o dia inteiro e em locais tão públicos como os centros comerciais. Esta é a minha (Ele) visão e acho incompreensível o seu uso.
    Mas como há sempre mais que uma perspectiva para um mesmo assunto, cá estou eu (Ela) para vos dar a minha opinião: Eu acho que não há melhor método para arranjar sobrancelhas. Sim, podemos retirar com cera, e até há alguns aparelhos depilatórios para o efeito, mas nenhum tão eficaz quando este método quanto a pinça, já que arranca e, portanto, enfraquece os pêlos, fazendo com que demorem mais tempo a nascer, além de que podemos fazer uma sobrancelha completamente definida. Não é tudo isto o que se quer? Então é assumir que há que sofrer para bela/o ser... ahah
  • Cera fria: Usámos as fitas de cera fria que facilmente se encontram nos supermercados, mas em nenhuma das opções conseguimos achar a solução tão eficaz como a opção seguinte, que lhe é semelhante. Ao arrancar os pêlos, enfraquece-os, mas é mais difícil de os arrancarmos a todos de uma vez, pelo que nos faz sofrer por mais tempo e não somos apologistas do sadomasoquismo... Pelo menos achamos nós! 
  • Cera quente: Este é o método que mais usamos, pois é mais rápido e dura mais tempo, enfraquecendo os pêlos... É barato, bom, as áreas ficam bonitas e depiladas, que é o que se quer! Só dispensávamos a dor... Bom, mas nem tudo pode ser perfeito não é?! Se fosse, bom, se fosse nascíamos sem pêlos onde não queríamos. Poder escolher é que era... Mas não, assim é capaz de ter muito mais piada!
  • Aparelhos depilatórios eléctricos: Portateis ou não, que arrancam os pêlos ou que os cortem, há aparelhos depilatórios para todos os gostos e feitios. No primeiro caso, é um método tão eficaz quanto a cera quente... Só que não! A probabilidade de os pêlos ficarem encravados no seu uso é muito maior, não conseguindo capturar tão bem os pêlos mais curtos como a cera. Quanto ao segundo caso mencionado, trata-se do mesmo processo que o uso da lâmina, que é o passo seguinte a ser comentado.
  • Lâmina: Este é o método que deve ser usado meramente como último recurso. Lembrem-se que quando cortam o cabelo, o ajudam a fortalecer. Se é o que pretendem, muito bem... Mas não tentem passar as belas barbas para outras áreas do corpo. Não é bonito. Não façam isso!!
  • Depilação a lazer: Esta é uma forma mais duradoura de efectuar a depilação. Este método e o método de luz pulsada, são ambos os métodos usados para depilações mais definitivas. No entanto, estes métodos são significativamente mais caros, não dando, infelizmente, para todas as carteiras. É um acto que consideramos que vale muito a pena para todos os casos de pessoas que abusaram do uso de lâminas... Recomendamos somente que tenham cuidado a escolher o gabinete estético onde vão realizar este procedimento que, mal feito, pode deixar marcas.

Depois da depilação deves saber que...
1. É benéfico que apliques os óleos para efeitos de enfraquecimento de pêlo. Podem encontrá-los em qualquer loja de cosmética. Optem preferencialmente pelos profissionais, que deverá ser mais fácil de encontrar e valerá mais a pena pelos resultados.
2. Há que evitar o uso de cremes hidratantes e/ou desodorizantes com álcool. Recomendamos que usem produtos de aloe vera, já que ajudam a reestruturar e a cuidar da pele irritada.
3. O uso de cremes e óleos hidratantes, bem como uma esfoliação regular (uma vez ou duas por semana) ajudam a prevenir que os pêlos fiquem encravados.

       Todas estas dicas não são milagres, por isso não esperem que vos mostrem diferenças de uma vez para a outra em que se depilam. Contudo, podemos garantir que a médio-longo prazo vão ver resultados muito melhores que antes de aplicarem estas dicas.
        Têm algumas dicas ou histórias engraçadas para partilhar sobre o tema? 


16 comentários

  1. Gostei muito das dicas :). Eu faço depilação a cera, dói mas é mais eficaz.
    Beijinhos,
    Cherry
    Blog: Life of Cherry

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Eu (Telma) também. Dói que uma pessoa chora mesmo sem querer... As lágrimas rolam pelo rosto...
      Eu (Pedro) uso mesmo a gilette...

      Eliminar
  2. Só dicas maravilhosas e que não conhecia! Gostei imenso mesmo!
    THE PINK ELEPHANT SHOE

    ResponderEliminar
  3. Obrigada pelo post. Como pessoa que infelizmente nasceu muito peludinha, tenho sempre muito a dizer sobre este assunto. :)

    Eu uso máquina/aparelho eléctrico de arrancar no corpo todo (incluindo axilas e virilhas) há muitos anos. Felizmente os meus pêlos nunca encravaram, acredito que dependa muito da genética de cada um.

    Um aparte em relação à depilação a laser (que já fiz no passado) e que se esqueceram de mencionar. Ao contrário dos outros métodos, a eficácia deste tipo de depilação depende muito de fatores como o tom da pele e da cor do cabelo/pêlo. Quanto maior for o contraste (pele clara e cabelo escuro, por exemplo), melhor o laser deteta o pêlo e mais eficaz será a depilação. Ah, e ao contrário do que muita gente pensa, não é um método 100% "definitivo" (OBRIGADA por escreverem "mais duradouro" e não usarem a palavra definitivo. É a realidade.), mesmo após as sessões todas, é preciso fazer manutenção anual ou bi-anual. Se não alguns pêlos vão voltando devagarinho...

    Obrigada pelo post!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Sim, pende. Eu (Telma) não tenho muitos pêlos, mas tenho tendência para os encravar... Há que dividir o mal pelas aldeias ahahah
      Muito obrigado por acrescentares informação à nossa publicação. O que mais gostamos no meio disto tudo da blogosfera é mesmo a partilha. É por isso que cá estamos. :D
      Eu (Pedro) não posso dizer que sou um afoito nesta matéria, e rendo-me ao mais indolor. Eu (Telma) por acaso ainda não me rendi ao laser, mas se é assim, pela diferença de pele, não me posso queixar. Sou transparente aka branca cal, por isso vêem-se bem os quase pretos pêlos... ahahah

      Nós é que agradecemos o teu comentário e o facto de estares desse lado! :D

      Eliminar
  4. Que dicas fantásticas! Confesso que algumas não conhecia! :D

    amarcadamarta.blogspot.pt

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. E essa é a melhor oferta que a blogosfera tem para todos nós ahah

      Eliminar
  5. adorei a publicação muito completa <3 se fizermos contas a vida e com os gastos todos que já tivemos com depilações já tínhamos feito todos laser, não é verdade?
    beijinhos, Akira do Viver num t0

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Bom, bom era inventarem uma nova fórmula para que não doesse, mas conseguisse o efeito pretendido...

      Eliminar
  6. Nós homens gosto de ver alguns pêlos... não urso, mas gosto em algumas zonas.
    Queria muito fazer a lazer mas tenho sempre receio.
    Faço geralmente com gilette em algumas zonas e com creme depilatório na maior parte do corpo.

    MRS. MARGOT

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. #TamosJuntos ahahahah
      Ela ainda me tenta a depilar-me mais vezes, mas eu não vou muito na conversa. Muito menos quando me diz que há dor envolvida ahahah

      Eliminar
  7. Eu felizmente fui abençoada com pouca "penugem" ahahah por isso a gilette serve-me bem, é rápida e indolor e posso fazer em qualquer altura ou em qualquer lado :)

    www.ayellowrain.blogspot.com

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Mas vê lá se isso não se torna uma inimizade... É que a gilette ajuda a que os pêlos cresçam mais fortes... Mas deixa lá que todos nós passamos pelo mesmo! #TamosJuntos ahahah

      Eliminar
  8. Pois é, fiquei mesmo apaixonada pela cidade :)

    Eu costumo fazer com cera quente.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Temos que nos unir em prole de uma investigação para uma depilação indolor, sem prejuízos, não concordas?

      Eliminar

Obrigado pelo comentário! Vamos responder-te no mais breve espaço de tempo que nos for possível. Até sempre! :)